Cobain: Soaked in Bleach

domingo, agosto 30, 2015

Já fizemos um post sobre Kurt Cobain: Montage of Heck, agora chegou a vez de Soaked in Bleach como prometido, a morte de Kurt é alvo de inúmeras discussões e divisão de opiniões.




O filme narra a teoria de
Tom Grant detetive que Courtney Love contratou para encontrar Kurt depois que ele fugiu da reabilitação, durante o documentário é possível ouvir gravações e ver interpretações de suas conversas, feita pelos atores Benjamin Statler e Tyler Bryan no papel do ex-líder do Nirvana, Sarah Scott vive Courtney e Daniel Roebuck é Tom Grant. Antes de ler esse post, assista o trailer oficial (legendado) aqui.



Este documentário conta detalhadamente o porque de Grant afirmar que na verdade foi um homicídio, com depoimentos de policiais envolvidos no caso naquela época, de conhecidos de Kurt, uma reconstituição de como o corpo foi encontrado e como supostamente ele cometeu o suicídio. Ele defende a teoria com base nas atitudes de Courtney, Dylan Carlson (melhor amigo de Kurt), e Michael Cali (cuidador de Frances). Outros fatores também levam a crer como a quantidade de heroína encontrada em sua corrente sanguínea que é 3 vezes a mais do que um ser humano pode suportar, a carta de suicídio que pode ter sido escrita por outra pessoa, a nota explicando o porque que ele queria o divórcio que foi escondida por Courtney depois que encontraram seu corpo, entre outros fatores.

Em entrevista, Buzz Osborne - Vocalista e Guitarrista dos Melvins e Amigo de Kurt  - comentou sobre Montage of Heck.



Imagem de nirvana, cobain, and kurt''Eu estudei com Kurt no Ensino Médio e estive presente em boa parte das vidas dos caras do Nirvana antes e depois da fama. Eu me importava muito com Kurt, Krist e Dave. Éramos bons amigos quando eles estavam quebrados, muito antes de comprarem mansões e carros com cartões de crédito. A minha banda tocou com o Nirvana no seu último show. Eu estava lá no começo e estava lá no fim, para o bem e para o mal.
Antes de tudo, as pessoas precisam entender que 90% de Montage of Heck é uma completa mentira. Besteira total. Esse é o lance que ninguém entende sobre Cobain – ele era um mestre em te sacanear.
Por exemplo, eu sei que toda a história do “eu tentei comer uma gorda” é uma completa mentira [no filme há um áudio de Kurt falando sobre como perdeu a virgindade para uma garota “muito gorda, quieta e analfabeta”]. Não há um pingo de verdade. Essa história é muito boa para ter passado sem que eu soubesse, especialmente se, como ele sugere, o pai da garota ficou louco com isso na escola. Naquela merda de cidade pequena, notícias empolgantes dessa natureza teriam parado nos ouvidos de todos antes do Sol se por. Nunca aconteceu. E o lance de tentar se matar nos trilhos do trem também é besteira. Nunca aconteceu. Tudo é dito, porém, pela própria voz do Kurt, então deve ser verdade, certo? Errado.
Kurt também me falou que nunca houve nada de errado com seu estômago. Ele inventou essa história [de que tinha dores constantes no estômago] para chamar a atenção e para que ele tivesse uma desculpa para se encher de drogas. É claro que ele vomitava – é o que pessoas sob efeito de heroína fazem, elas vomitam. É chamado de “vômito com um sorriso na cara.”

E quando questionado sobre Courtney, ele diz:

''E aí tem a Courtney.
Muito do que ela diz nesse documentário não bate com coisas que Kurt me disse em pessoa, mas eu acho que isso não é surpreendente quando você considera que a história se torna elástica cada vez que a Courtney Love abre a boca.
Por exemplo, ela nos fez acreditar que Kurt tentou se matar quando ela pensou em traí-lo? Wow. Isso é muito diferente das histórias que ele me contou sobre o comportamento de Courtney – e isso foi muito antes dele morrer. E esse é só um exemplo.
Quando Courtney fala, a verdade está lá, mas só Deus sabe onde ela começa e onde termina. Nos 20 anos desde a morte de Kurt, os fatos das suas histórias parecem mudar praticamente de hora em hora. Eu ainda não estou convencido de seu testemunho, e acho que não estou sozinho.''

Save, save your friends
Find, find your place
Speak, speak the truth

     Nossas perguntas merecem respostas. Descanse em paz. 
Peace, love, empathy: Kurt Cobain. 


Veja Também:

2 comentários

Formulário de contato